Loading... (0%)

Cinquenta Tons de Cinza /// Filme será “história de amor atrevida”, diz roteirista

08 janeiro 2013

A roteirista Kelly Marcel (Terra Nova) comentou à Style Magazine que a adaptação cinematográfica de Cinquenta Tons de Cinza vai manter o teor erótico do best-seller e será para maiores de 18 anos.

Ela definiu o filme como “uma história de amor moderna”, prometendo “muito sexo” e um roteiro “atrevido”.

“Indiferente do que as pessoas possam pensar da obra, há algo de antiquado e romântico sobre Christian Grey [protagonista cheio de fetiches sexuais]. Os fãs amam esse livro e quero que eles amem o filme tanto quanto. Quero fazê-los rir, chorar, ficar excitados”, acrescentou Marcel.

Na trama, publicada em 2011, a estudante universitária de literatura Anastasia Steele se envolve com o jovem magnata de 27 anos Christian Grey, em uma trama fortemente erótica e apimentada com os gostos sexuais excêntricos do empresário bilionário. Considerada uma versão adulta de Crepúsculo, a série de livros tem seus personagens inspirados em Bella e Edward da saga de Stephenie Meyer.

Muitos atores já tiveram seus nomes ligados ao filme, mas a roteirista diz que “ninguém seria louco de assinar contrato sem antes ler o script”. A produção ficará a cargo de Mike DeLuca e Dana Brunetti, dupla dos indicados ao Oscar O Homem que Mudou o Jogo e A Rede Social.

Cinquenta Tons de Cinza, primeiro livro de uma trilogia, já vendeu mais de 32 milhões de cópias apenas nos EUA. No Brasil, a editora Intrínseca já lançou todos os volumes.

Papricast

No other information about this author.